Mercado Municipal de Curitiba, festival gastronômico no mês dos 60 anos

Há seis décadas o Mercado Municipal está entre os endereços preferidos dos curitibanos
foto: Daniel Castellano

Serão iniciadas nesta quinta-feira 2, às 18h30, as comemorações dos 60 anos do Mercado Municipal de Curitiba, que terão entre 7 e 11 de agosto aulas-show e experiências culinárias sob o comando de vários chefs de cozinha, convidados pelo curador do evento, o jornalista Luiz Augusto Xavier. O ponto de partida é um coquetel com bolo gigante, no Espaço Maurício Burmester do Amaral.

A programação, organizada pela Associação dos Comerciantes Estabelecidos no Mercado Municipal de Curitiba (Ascesme) e Prefeitura de Curitiba, através da Secretaria Municipal de abastecimento, foi dividida por temas: Cozinha Brasileira, Cozinha Plant Based, Cozinha Etnias, Cozinha Responsável e Cozinha Orgânica. Para cada tema, dois chefs. A participação é gratuita, basta chegar até 15 minutos antes.

O Festival Gastronômico terá o seguinte programa: na terça-feira 7, Cozinha Brasileira, às 10h, com Luiz Maurício Fontana; às 11h30, com Rosane Radecki; quarta, 10h, Cozinha Plant Based com Reinhard Pfeiffer; 11h30, com Paola Guimarães Perotto; quinta, 10h, Cozinha Etnias com Beto Madalosso; 11h30, com Caju; sexta, 10h, Cozinha Responsável com Fredy Ferreira; 11h30, com Joy Perine; e no sábado 11, às 10h, Cozinha Orgânica com Celso Freire; 11h30, com Délio Canabrava.

Nos sábados 11 e 18 de agosto, das 11h às 15h, serão desenvolvidas atividades como oficinas gourmet e descobertas sensoriais. A programação completa está disponível em mercadomunicipaldecuritiba.com.br e nas redes sociais @mercadomunicipal_cwb.

UM POUCO DA HISTÓRIA

Parte da antiga estrutura faz parte do conjunto várias vezes ampliado

O Mercado Municipal de Curitiba, com entradas pela avenida Sete de Setembro e ruas da Paz e General Carneiro, abriu suas portas às três horas da manhã de 2 de agosto de 1958.

Ao longo destas seis décadas, é possível encontrar duas, três, quatro gerações marcando presença por lá, nos dois lados do balcão. Conta, atualmente, com 362 unidades comerciais entre boxes e bancas, de frutas, verduras, alimentos frescos, especiarias, carnes, vinhos, queijos, cosméticos, decoração e vestuário, comandados por 196 comerciantes. Recebe cerca de 65 mil pessoas a cada semana.

Sua sede atual triplicou de tamanho: são 17 acessos distribuídos em uma estrutura de 15,6 mil metros quadrados. Em 2009, inaugurou o primeiro Setor de Orgânicos dentro de um Mercado Municipal no Brasil.

Algumas curiosidades: o Mercado Municipal de Curitiba começou com pequenas casas instaladas atrás da Catedral de Curitiba, em 1820; sua primeira estrutura única foi na praça Zacarias, em 1860; mudou-se para a praça Generoso Marques, em 1874, vizinho da cadeia pública, sendo a edificação demolida para dar lugar ao paço municipal (Paço da Liberdade, primeira sede própria da Prefeitura, inaugurado em fevereiro de 1916); foi transferido para o bairro Batel em 1915, ali permanecendo até 1937 e novamente demolido;

A sede atual começou a ganhar forma em 1943 pelo projeto do urbanista francês Alfred Agache; a obra foi iniciada em 1956 na gestão do prefeito Ney Braga, que a inaugurou em 1958. Inicialmente, abria às 3h, depois às 5h, às 6h; hoje começa a receber o público às 7h.

Compartilhar:

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *