Salgemma e as “boas memórias gastronômicas”

Detalhe de mesa montada para evento

Um cristal chamado sal-gema, transparente e de coloração rósea, cuja composição combina cloretos de sódio, de potássio e de magnésio – na verdade um sal de cozinha -, que também é considerado um talismã de boa sorte e bem-estar, foi a inspiração para nominar, e, estilizado, ser a nova marca de uma empresa que, há 11 anos no mercado de Curitiba, é conceito em eventos e gastronomia e, até há pouco, chamava-se ZAF.

Cenário festivo começa nos jardins

Pois a ZAF transformou-se em Salgemma Espaço e Gastronomia (assim mesmo, com dois emes, em italiano), cujo proprietário, o restaurateur Felipe Leite, inspirou-se numa frase de Victor Hugo: “Troque suas folhas, mantenha suas raízes”. E toda a produção gráfica e conceitual foi concebida com o timbre da NQM Comunicação, de Curitiba.

O Salgemma é dono de um belo espaço (r. Jacarezinho, 1232, Mercês), cuja visão começa por jardins ornados de gazebos – também cenários de encontros festivos, que remetem a tons cinematográficos -, e se prolonga por três salões preparados para receber até 300 pessoas.

Um dos focos principais é o cliente corporativo, mas os espaços estão abertos a casamentos, aniversários, festas de família e similares, com serviços que podem incluir café da manhã, coffee break, almoços, jantares, brunch e até churrasco.

Felipe Leite: foco corporativo

 

O Salgemma atua também no serviço de catering (fornecimento de refeições) e possui um restaurante a quilo, na esquina das ruas Tibagi e Benjamin Constant, no Centro, que também será repaginado e vai ganhar novo nome.

Felipe Leite diz que os cardápios do Salgemma são personalizados, exclusivos, pensados para “resgatar boas memórias gastronômicas”. E destaca: “Salgemma é a pedra que une a boa gastronomia ao requinte dos salões de festa; uma joia única para marcar momentos especiais e memoráveis”.

 

Compartilhar:

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *