MaKa, a nova atração de Balneário Camboriu

O gastrobar é o novo point do concorrido Passeio San Miguel

Um dos lugares mais charmosos de Balneário Camboriu, o Passeio San Miguel, na avenida Brasil, 3322, palco de eventos temáticos, festivais de música, moda, cultura e gastronomia, acaba de ganhar um novo integrante, cujo cenário requintado e de bom gosto valoriza o boulevard que é sucesso desde 2013 naquele privilegiado pedaço do litoral norte catarinense.

Trata-se do gastrobar MaKa, empreendimento do casal Bojan e Venise Petrovic, ele um chef sérvio, ela, executiva curitibana formada e com atuação em turismo e hotelaria, ambos com passagens por importantes restaurantes em vários países, e nos últimos seis anos no Qatar.

O nome MaKa é uma referência à maca peruana, uma raiz considerada um super-alimento devido a suas inúmeras propriedades benéficas à saúde, como explica Venise: “Escrevemos com K que é como se escreve na Sérvia, é nosso toque sérvio na gastronomia latina”.

O cardápio do MaKa reúne sabores únicos de diferentes partes da America Latina, com um toque dos Bálcãs

No cardápio, entre as criações do chef Bojan Petrovic, ela destaca quatro pratos “que resumem bem o que queremos passar como experiência”: Tataki de Atum, uma entrada fria com inspiração peruana-nikkei: fatias de atum seladas com Togarashi (mix asiático de especiarias) e servidas com um aioli acevichado (creme feito da base de um ceviche clássico), creme de avocado e outros sabores tradicionais do Peru; Tacos de Costela: taco com estilo clássico mexicano, com tortilla suave de milho, recheado de costela desfiada e servido com a tradicional salsa verde.

Nos pratos principais o Polvo Anticuchero, marinado na clássica combinação de ‘ajis’ peruanos (uma variedade de pimenta) e grelhado no carvão, servido com salsa de azeitonas pretas e um purê de couve flor; e Costela no Pisco, marinada com pisco peruano e uma combinação de ingredientes asiáticos muito utilizados no Peru, depois assada por quatro horas atingindo uma textura que dispensa o uso de faca, servida com um purê de batatas defumado.

O MaKa dedica um de seus espaços ao bar, cujo nome Marga é derivado de Margarita, “uma de nossas especialidades”. Ali, entre os drinks mais especiais está a Marga de Jamaica: margarita picante de maracujá servida com uma espuma de hibisco e alecrim; o Tijuana Negroni, versão autoral do clássico Negroni, onde o gin é substituído por Mezcal; e o MaKaju, combinação do cajú brasileiro com pisco chileno.

Venise e Bojan: depois de trabalhar em vários países, o pouso em Balneário Camboriu

Bojan e Venise Petrovic se conheceram há seis anos no Qatar, de onde lideravam as operações de uma cadeia de restaurantes latino-americanos no Oriente Médio.

Bojan, chefe de cozinha com 22 anos de experiência, começou sua carreira bastante jovem em sua terra natal, a Sérvia. Trabalhar em restaurantes naquele momento foi uma forma de se manter ocupado e ajudar sua família em meio a situação crítica pela qual passava o país em razão das guerras que resultaram na dissolução da antiga Iugoslavia. Foi então que começou a tomar gosto pela gastronomia e atuou em restaurantes de diferentes estilos gastronômicos. Além da Sérvia e do Qatar, o chef Bojan também esteve à frente de operações na Italia, India e Estados Unidos.

Venise Manif Petrovic, formada em turismo e hotelaria, pós-graduada em gestāo de negócios em serviços e especializada em contabilidade financeira, começou sua carreira no Brasil, atuando no Paraná, Santa Catarina e São Paulo, tendo como última parada nacional o renomado Hotel Emiliano, na capital paulista. Trabalhou também nos Estados Unidos e na Espanha até assumir seu primeiro cargo gerencial em Dubai, nos Emirados Arabes Unidos. Desde então, seguiu com a mesma empresa hoteleira como diretora regional de operações e esteve à frente de aberturas de restaurantes em hotéis de Doha, Dubai, Hong Kong, Istambul, Abu Dhabi e Fort Lauderdale.

Este ano, Bojan e Venise regressaram ao Brasil e se fixaram em Balneário Camboriu, onde costumavam passar temporadas em suas visitas à família no Brasil.

Para montar o MaKa em Balneário Camboriu, os dois contam com o suporte de profissionais de larga experiência, entre eles, a master sommeliere Beatriz Welter, brasileira com residência em Londres, que criou a carta de vinhos e administrará à distância a inclusão de novos rótulos; o português Vasco Sequeira e o norte-americano Rob Day, que criam receitas de drinks, por enquanto à distância devido à pandemia.

Na cozinha, Bojan Petrovic conta com o apoio de dois experientes chefs consultores: o sérvio Marko Maric, que treinou a equipe e finalizou o cardápio, e o peruano Alfredo Lazo, que criou várias receitas bases do cardápio.

Compartilhar:

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *